Qual será o melhor o melhor processador para jogos de 2018? O Intel Core i5-8400 é um forte candidato. Ele entrega um desempenho equiparável ou superior aos processadores i7 de sétima geração a um preço muito mais acessível. Em uma visão puramente gamer, ele também possui um desempenho melhor em quase todos os jogos que testamos em comparação a qualquer um dos processadores da AMD. Mas ele não é o único processador que você deve considerar, especialmente se você usa seu computador para outras tarefas além do jogar.

O ano de 2018 iniciou com algumas adições incríveis para a família AMD Ryzen. Primeiro com as APUs Ryzen 5 2400G e Ryzen 3 2200G. E depois com a segunda geração Ryzen 7 2700X e Ryzen 5 2600X. Junto com os novos processadores AMD, chega também o novo chipset X470. Com o lançamento do B460 planejado para o segundo semestre de 2018. A Intel também atualizou seus processadores e chipsets, tornando mais fácil a criação de setups acessíveis.

Quando chega a hora de montar um novo PC Gamer, o processador não é o componente mais importante. Esse é a placa de vídeo. A maioria de nós pode ter suas necessidades supridas com um processador intermediário. O número de núcleos, o tamanho do cache e velocidade de clock continuam a aumentar conforme os anos passam. Mas se você tem um computador montado até 5 anos atrás, há grandes chances de poder rodar a maioria dos jogos atuais.

Essa é uma excelente notícia caso você esteja atualizando um PC existente. Mas se você está montando a partir do zero, não basta pegar o processador mais barato. Há grandes chances de você manter o mesmo processador por vários anos. Possivelmente com a atualização de duas ou três placas de vídeo. Além disso, para tarefas não relacionadas a jogos, a diferença entre um processador de entrada e um intermediário pode ser considerável.

Você realmente precisa ter um dos processadores mais recentes da Intel ou AMD?

Não! E vários jogadores estão felizes usando processadores que foram lançados a anos. Mas para montar qualquer PC Gamer novo, há poucas razões para se investir em hardware de gerações passadas. E levamos isso em consideração para fazer nossas escolhas.

O mais novo nem sempre é melhor, pois há vários níveis de desempenho em qualquer plataforma. O Core i7 de geração passada tende a se parecer muito com o i5 da geração atual. Em menor escala, o novo Ryzen 5 frequentemente supera o Ryzen 7 de primeira geração. Você não precisa comprar o processador mais caro para ter a melhor experiência gamer. Os processadores desktop atuais podem lidar com a maioria dos jogos que você queira rodar neles.

Nós pesquisamos e testamos todos os processadores atuais, além de alguns das gerações anteriores, e esses são os melhores processadores que valem a pena colocar em seu próximo PC Gamer.

O Melhor Processador para Jogos de 2018

O melhor processador para jogos de 2018 - Intel Core i5 8400 - Ugle

Intel Core i5-8400

·         Seis núcleos para os jogos mais exigentes

·         Eficiente e inclui um dissipador de calor

·         Sem possibilidade de overclock

·         Sem o recurso de Hyper-Threading

É fácil ser surpreendido com os processadores de maior desempenho. Quem não quer um monstro de 16 ou 18 núcleos com memórias em quand-channel? Mas não é surpresa para ninguém que esses processadores não fazem diferença na maioria dos jogos. A menos que você esteja montando um PC para outras coisas. Como edição de vídeo e imagem, desenvolvimento de software, ou a criação de uma Inteligência Artificial para dominar o mundo. Há uma grande chance que você se dará bem com um processador muito mais barato. É aí que as principais ofertas da Intel se destacam. Nenhum outro processador se encaixa mais nessa descrição do que o Core i5-8400.

A concorrência da AMD forçou a Intel a mudar sua estratégia. Com os Ryzen entregando processadores com 6 núcleos/12 Threads com o preço em torno de R$ 900,00, os antigos i5 com seus 4 núcleos/4 threads precisaram de um belo upgrade. Entrou em cena então a família Cofee Lake e o novo Core i5. Este ainda não tem Hyper-Threading, mas finalmente expande as ofertas da Intel para além dos quad-core. O i5-8400 não vem com o multiplicador desbloqueado, mas fornece velocidades de clock de 3.8 a 4.0 GHz. Além ele inclui tudo o que você precisa (ou seja, o dissipador de calor da CPU que os processadores da série K geralmente deixam de lado). Com 50 por cento mais núcleos que os i5 das gerações anteriores, os jogos mais exigentes ganham um excelente impulso no desempenho. De fato, observando os resultados dos nossos testes, o i5-8400 consegue se igualar ao i7-7700k da geração anterior.

ESPECIFICAÇÕES
Núcleos: 6
Hyper-Threading: Não
Clock Base: 3.8 GHz
Clock Turbo: 4.0 GHz
Possibilidade de Overclock: Não
Cache L3: 9MB
TDP: 65W
Linhas PCIe 3.0: 16

O Core i5-8400 pode não ter muitos threads como os AMDs Ryzen 5, mas isso é compensado com maior desempenho por núcleo. Ainda em nossos testes, constatamos que o Core i5-8400 se iguala ou bate os melhores processadores Ryzen para fins de jogos 100% do tempo. Isso é, em grande parte, graças à hierarquia de cache e às vantagens arquitetônicas da Intel. Mesmo os mais recentes Core i9 da Intel não podem superar o i5- 8400, pelo menos sem overclock. A menos que você precise de todo o desempenho possível, não há necessidade de saltar para o i7-8700k, pelo menos não nos jogos atuais.

Mas quanto aos novos i5-8500 e i5-8600?

Por um pequeno aumento de velocidade de clock, você pagará R$ 100,00 – 200,00 mais, que é um dinheiro melhor gasto em outro lugar.

Mas nem todo mundo monta um PC puramente para jogos. Você quer um PC para edição de vídeo, transmitir suas sessões de jogo, e se tornar a próxima estrela do Twitch? É muito provável que você faça isso muito bem no i5-8400. Embora as cargas de trabalho mais pesadas possam se beneficiar de CPUs com especificações mais altas. Se você está procurando por alguma coisa mais robusta, o Core i7-8700 custa em torno de R$ 600,00 a mais e vem com o Hyper-Threading habilitado, subindo o número de Threads para 12. Ele também possui velocidades de clock mais altas, tornando o overclock quase desnecessário.

Se você está tentando decidir entre o i7-8700 e o i5-8600k desbloqueado. Uma vez que você adiciona o custo de compra de um cooler além do processador, o preço é basicamente o mesmo. Dobrar os Threads com a perda potencias de 300 MHz é uma troca justa.

Se você simplesmente quer o processador mais rápido para propósitos de jogo. Sim, o Core i7-8700K atualmente detém essa coroa, batendo o Core i5-8400 em cerca de três por cento.

E sobre os Ryzen?

O melhor processador para jogos de 2018 - AMD Ryzen 1700 - Ugle

O Core i5-8400 foi escolhido como nosso melhor processador para jogos, mas ele não é perfeito. Indiscutivelmente, a única razão de a Intel ter lançado a família Coffee Lake, foi para bater a AMD em todos os níveis. Os processadores da Intel tendem a custar um pouco mais pelo desempenho proporcionado. Mas se você já possui um processador AMD Ryzen não precisa se sentir mal. Os Ryzen 5 1600 e Ryzen 7 1700 continuam sendo processadores muito bons. Principalmente para outras tarefas além dos jogos. Mas para o melhor desempenho em jogos, mesmo sem o Hyper-Threading ou um multiplicador desbloqueado, o i5-8400 é a melhor escolha.

A plataforma AM4 da AMD tem pelo menos uma vantagem. Essa vantagem é a grande probabilidade da AMD oferecer suporte a novos processadores para as placas-mãe já existentes. O que não é o caso da Intel. Os recentes processadores de segunda geração Ryzen 7 2700X e Ryzen 5 2600X funcionam muito bem nas placas-mãe AM4 existentes, e a AMD prometeu pelo menos mais uma geração de processadores para este mesmo soquete.

O melhor processador custo benefício para jogos

O melhor processador para jogos de 2018 - AMD Ryzen 3 2200G - Ugle

AMD Ryzen 3 2200G

·         Inclui bons gráficos integrados

·         Rápido o suficiente para a resolução 720p

·         Mesma plataforma que os Ryzen 7

·         Precisa de uma placa de vídeo dedicada para maiores resoluções

Supondo que você não queira montar o PC Gamer mais rápido do planeta. Que você queira apenas algo que não levará você a falência. Entre outras coisas, isso significa que você provavelmente não vai escolher uma placa de vídeo cara. Mas e se pudéssemos dar uma passo além e remover completamente a necessidade de uma placa de vídeo dedicada? Essa é a promessa (e realidade) das APUs AMD Ryzen, e o Ryzen 3 2200G ganha o prêmio por ser o melhor processador custo benefício para jogos.

A alternativa da Intel para a APU da AMD é o Pentium Gold G5400 Coffee Lake. Se o Ryzen 3 2200G não estivesse por perto, ele poderia ser uma boa escolha. Mas por uma diferença de R$ 70,00 as mais você pega o processador da AMD. Junto ainda você ganha a possibilidade de experimentar um pouco de overclock e um desempenho gráfico integrado três vezes mais rápido. Se você está tentando economizar dinheiro, o Ryzen 2200G é difícil de ignorar. Custando uma média de R$ 470,00 ele faz o trabalho de um processador de R$ 500,00 e uma placa de vídeo de R$ 500,00.

O quão rápido o Ryzen 3 2200G é?

Do lado da AMD, isso faz com que os outros Ryzen 3 percam o sentido. Ele é mais rápido que o 1300X e custa tanto quanto o 1200, possui o clock base de 3.5 GHz e o clock boost de 3.7 GHz. Mas caso você queira aumentar mais ainda esse número, chegar a 3.9 GHz com o cooler Wraith Spire incluído deve ser possível em praticamente todos os processadores. Você também pode aumentar o desempenho gráfico cerca de 20% com overclock.

ESPECIFICAÇÕES
Núcleos: 4
SMT: Não
Clock Base: 3.5 GHz
Clock Turbo: 3.7 GHz
Possibilidade de Overclock: Sim
Cache L3: 4MB
TDP: 65W
Linhas PCIe 3.0: 16

Se os gráficos integrados começarem a ficar limitados (e provavelmente ficarão), você pode ficar tranquilo, pois terá a possibilidade de adicionar uma placa de vídeo dedicada.

Quão longe você pode levar o Ryzen 3 2200G?

Nós rodamos benchmarks em 20 jogos com a GTX 1080 Ti, atualmente a placa de vídeo mais rápida disponível. Na média, um i7-8700K é 50 por cento mais rápido. E mais importante, com a intermediária GTX 1060 6GB, o 2200G é apenas 10 por centro mais devagar que o 8700K quando se trata de desempenho em jogos.

Cenários mais exigentes, como edição de vídeo, podem ser um problema. Mas as pessoas que estão atrás de um processador custo benefício geralmente não fazem edição de vídeos. Por um bom motivo, já que o Ryzen 7 pode ser até três vezes mais rápido. Mas para os usuários custo benefício que querem apenas um PC Gamer modesto, o Ryzen 3 2200G é difícil de bater.

O Melhor Processador High-End, para jogos e outras tarefas

O melhor processador para jogos de 2018 - Intel Core i9 7900X - Ugle

Core i9-7900X

·         Dez núcleos físicos com Hyper-Threading

·         Possibilidade de overclock

·         Bom para streaming e multitarefas

·         44 linhas PCIe 3.0 para SLI/CF

·         Grande demanda de energia, especialmente com overclock

·         Não há muitos jogos que usem mais de quatro núcleos

·         Nós precisamos mencionar o custo?

Determinar onde gastar o dinheiro em qualquer setup novo é um ato de equilíbrio entre preço, desempenho, requisitos de energia e recursos. E você pode escolher apenas entre dois, três ou quatro desses elementos. Para computadores high-end, o custo raramente está a seu favor. No caso do i9-7900X, estamos sacrificando o preço, bem como o consumo de energia, a fim de obter desempenho e recursos. Mas nós não estamos sendo loucos aqui, por isso não achamos necessário o i9-7980XE.

A plataforma X299 é a melhor e última opção entusiasta Intel. Com os atuais processadores entregando até 18 núcleos e 36 threads. Mas ela definitivamente não é direcionada ao público gamer (mas caso você tenha, ela funcionará bem). O que a plataforma X299 oferece a você, que não é encontrado na Coffee Lake ou Kaby Lake, se resume a mais núcleos e linhas PCIe. Os núcleos adicionais e as linhas PCIe usualmente não resultam em melhor desempenho em jogos, porem elas podem ajudar em alguns poucos casos seletos com SLI/CrossFire. Contudo, há muitos cenários não relacionados a jogos em que os núcleos adicionais podem realmente valer fazer a diferença.

Vamos ser claros e afirmar que, para PCs com uma única placa de vídeo exclusivamente para jogos, há pouco benefício em fazer uso de um processador de 10, ou até mesmo de 8 núcleos, atualmente. Na verdade, o i7-7700K de 4 núcleos segue de perto o i7-8700K de 6 núcleos, com esses dois processadores disputando o pódio na maioria dos nossos testes em jogos. Mas quando você quer colocar os jogos em segundo plano e editar um vídeo, compilar algum código, ou qualquer outro trabalho profissional, os 20 threads do 7900X podem fazer desde um trabalho pequeno até qualquer tarefa que você queira.

ESPECIFICAÇÕES
Núcleos: 10
Hyper-Threading: Sim
Clock Base: 3.3 GHz
Clock Turbo: 4.0 GHz
Possibilidade de Overclock: Sim
Cache L3: 13,75MB
TDP: 140W
Linhas PCIe 3.0: 44

Mas afinal, qual o melhor processador High-End?

Escolher o melhor processador high-end pode ser um pouco difícil. Além do i7-8700K que certamente é uma boa opção, você tem os processadores X99 da geração anterior que permanecem muito capazes. Mas se você está começando em uma nova plataforma, o skylake-X é a maneira mais eficaz de ir além das opções de 6 núcleos tradicionais da Intel.

O i9-7900X entrega um excelente desempenho em jogo e fora de jogo. Em jogos, ele fica apenas um pouco atrás do i7-8700K. É também 15 por cento mais rápido que o processador Ryzen mais rápido (Threadripper ou outros). No teste focado em CPU, incluindo cargas de trabalho que utilizam muito bem os vários núcleos, o Threadripper 1950X é 13 por centro mais rápido que a média, e sobe para 45 por cento mais rápido em testes específicos. Mas esse é um PC Gamer, por isso estamos focando no desempenho em jogos em vez do desempenho bruto fora dos jogos.

Você realmente precisa de um Core i9 para um PC Gamer High-End?

O Core i9 custa mais que o dobro da maioria dos processadores de alto desempenho da Intel, como o Core i7 8700K. Ele é realmente a melhor escolha para PCs Gamer Extremos?

Em termos de valor, o Core i9 inegavelmente fica para trás. O Core i7-8700K é geralmente o processador mais rápido para propósito de jogos. Existem alguns jogos em que os núcleos e threads adicionais do i9 fazem diferença. Mas a maioria dos jogos atuais ainda não muito mais que um processador de 4 núcleos / 4 threads, e muito menos o i7-8700K de 6 núcleos / 12 threads. Se tratando de um computador que sirva para jogos e tenha recursos disponíveis para outras tarefas, não tem necessidade. Caso você queira um PC Gamer que possa também ser usado para trabalho profissional, o Core i9 é sua escolha.

Uma pequena análise nos Threadripper

O melhor processador para jogos de 2018 - AMD Threadripper 1950X - Ugle

Nem todo mundo acha que os jogos são a melhor métrica para testes de processador, e com razão. Se você está mais interessado em edição de vídeos, CAD/CAM, ou outros trabalhos profissionais, o AMD Threadripper 1950X é uma escolha muito melhor do que o i9-7900X na mesma faixa de preço. Melhor ainda, a mera existência do Ryzen 7 e Threadripper forçou a Intel a ser mais agressiva em seus preços. Com o i7-7820X de oito núcleos custando na faixa de R$ 2.700,00 em comparação ao i7-6900K que custava cerca de R$ 2.000,00 a mais. Também temos o i9-7900X que entrega 10 núcleos por R$ 4.000,00 comparado aos R$ 7.000,00 ou mais do i7-6950X do ano anterior. Você deve agradecer a AMD por isso.

A competição é boa para os consumidores e boas para a indústria. Enquanto a Intel continua vencendo em muitas métricas de testes, a AMD ajuda a manter a Intel honesta (ou pelo menos parcialmente). E qual a melhor maneira de dar suporte aos esforços da AMD que comprar o seu insano Threadripper 1950X de 16 núcleos / 32 Threads?

Há algumas observações a serem feitas, no entanto. O Threadripper é o maior processador destinado ao público consumidor que já colocamos as mãos. É basicamente o tamanho de um smartphone pequeno, e você precisará garantir que tenha um cooler compatível. Todos os processadores Threadripper também fornecem 60 linhas PCIe 3.0 e possuem o multiplicador desbloqueado. Porém, eu não esperaria muito além de 3.8 GHz no 1950X, a menos que você tenha algum resfriamento liquido extremo disponível. Também tenha em mente que os novos processadores Threadripper estão prestes a serem lançados, com chances de overclocks de até 4.3 GHz.

Considerações sobre Multi-GPU

O melhor processador para jogos de 2018 - Sli - Ugle

Para o desempenho em SLI e CrossFire, também há um benefício teórico em ter duas conexões X16 para sua placa de vídeo. No entanto, se compararmos o desempenho das conexões dual X8 com uma GTX 1080 Ti em uma placa-mãe Z370, ela bateu o desempenho dos processadores Core i9 na maioria dos jogos. E realmente, parece que o tempo do SLI e CrossFire já passou, com a quantidade de games novos que não suportam a tecnologia. Você pode melhorar o desempenho geral com conexões duplas PCIe X16 em alguns jogos específicos, mas eu recomendaria ficar com uma única placa de vídeo mais forte que você consiga pagar. A menos que você tenha cerca de R$ 4.000,00 sobrando em um buraco na sua carteira.

Publicado por em .

Especialista em hardware, monta computadores gamer diariamente e publica as melhores dicas sobre o assunto, aqui no blog da Loja Ugle. Tem alguma dúvida sobre o artigo? Deixe o seu comentário abaixo.

Deixe um comentário. Queremos ouvir a sua opinião.


1 + quatro =