Você está buscando dicas de como escolher um gabinete para o seu PC gamer, ceto? Neste artigo tratarei dos principais aspectos que devem ser observados durante a escolha de um gabinete gamer.

Apesar de não possuir um papel tão importante no desempenho do seu PC, o gabinete é um dos componentes mais relevantes do conjunto. Além de abrigar todos os componentes internos, o gabinete influencia o fluxo de ar do sistema. Isso resulta no funcionamento do computador em uma temperatura desejável.

Há muitas opções de gabinetes no mercado. Cada uma com a sua peculiaridade: diferentes tamanhos, formas e designs, além de uma imensa variedade de recursos disponíveis. Portanto, para conseguir escolher o melhor gabinete para a sua necessidade, haverá muito a se considerar.

Fluxo de ar, compatibilidade e padrões de tamanho dos gabinetes

Nessa seção trataremos sobre os aspectos referentes a compatibilidade dos gabinetes. Entre os critérios observados estão os diferentes tamanhos (também conhecido como Fatore de Forma) e as questões relacionadas ao fluxo de ar e capacidade de refrigeração de um gabinete.

Fatores de Forma e Tamanhos Comuns

Os tamanhos mais conhecidos para os gabinetes são:

  • Full Tower (Grande)
  • Mid Tower (Médio)
  • Micro-ATX (Pequeno)
  • Mini-ITX (Muito pequeno)

Na prática, não existe um padrão de medida para cada um destes tamanhos, mas sim uma convenção estabelecida para a compatibilidade com diferentes formatos de placas-mãe. Entre outras palavras, cada um dos tamanhos de gabinete suportam um ou mais tamanhos de placas-mãe.

Tratando-se de placa-mãe, existem 4 formatos comuns:

  • E-ATX (Extended ATX)
  • ATX
  • Micro-ATX
  • Mini-ITX

Quanto maior o gabinete, maior será sua capacidade de abrigar diferentes formatos de placa-mãe. Exemplos aplicáveis são os gabinetes Full Tower, que podem acomodar qualquer formato. Apesar de não fazer muito sentido, mas em termos de compatibilidade, é possível utilizar uma placa-mãe mini-ITX em um gabinete Full Tower.

Por outro lado, os gabinetes menores (Mini-ITX) são muito mais limitados, podendo fornecer suporte somente para as placas-mãe do formato mini-ITX. Em um gabinete tão pequeno você não consegue colocar uma placa-mãe ATX, pois o mesmo não oferecerá espaço.

Embora todos os gabinetes Mid Towers ofereçam suporte as placas-mãe ATX (formato padrão), nem todos possuem os mesmos recursos e dimensões. Esta observação também vale para todos os outros formatos de gabinetes.

Diversos tamanhos de placas-mãe

Orientamos que o usuário preste muita atenção na hora de escolher seus componentes, e verifique a compatibilidade entre eles. É importante verificar se o gabinete escolhido vai conseguir acomodar a placa-mãe. No entanto, na Ugle você não precisa ter essa preocupação! A nossa ferramenta de montar PC Gamer online já testa a compatibilidade dos componentes, mostrando ao usuário apenas os gabinetes e peças compatíveis.

Outros Problemas de Compatibilidade

Apesar de ser o ponto principal, a escolha do gabinete não deve ser influenciada apenas pelo tamanho da sua placa-mãe. Há outros fatores importantes que você precisa observar ao comprar um gabinete.

Nesta seção, vamos ver cada um dos seguintes pontos em que precisamos verificar a compatibilidade:

  • Altura do cooler da CPU
  • Comprimento da placa de vídeo
  • Tamanho do radiador do Water Cooler

Altura do Cooler da CPU

Assim como as GPUs possuem tamanhos diversos, também acontece com alguns coolers para CPU. Alguns possuem dissipadores maiores e mais altos do que outros, e nem todos os gabinetes conseguem suportar. Para se assegurar que o gabinete escolhido acomode o cooler, verifique o tamanho dos mesmos. Nas características do gabinete e do cooler devem conter as informações necessárias.

Comprimento da Placa de Vídeo

Normalmente as placas de vídeo mais sofisticadas ocupam mais espaço do que as placas de vídeo de entrada. Em alguns casos, as placas de vídeo maiores podem não caberem em cases menores. O que observa-se em relação a esse problema é que as placas gráficas, em média, estão sendo fabricadas em moldes menores. O mesmo acontece com os modelos de gabinetes Mid Towers (mais comuns), que estão sendo projetados para acomodar GPUs maiores.

Placa de vídeo

Apesar do esforço dos fabricantes, o problema ainda persiste. Por isso, orientamos o usuário a ficar atento em relação ao comprimento da GPU, para que não exceda o espaço disponível no gabinete.

Tamanho do radiador do Water Cooler

Os Water Coolers utilizam um líquido especial para fazer a transferência de calor do processador para o radiador, que por sua vez, faz a dissipação. O radiador é composto de ventiladores, que ajudam a dissipar o calor que chega ate ele. Novamente, não há um padrão de tamanho para este componente.

Watercooler Thermaltake

Adivinha? Nem todos os gabinetes conseguem suportar radiadores. E os que possuem esse suporte, com frequência não acomodam todos os tamanhos. Portanto, é importante verificar se o seu gabinete poderá alocar esse tipo de refrigeração, e o tamanho suportado. Nas especificações do gabinete você encontrará as informações dos tamanho de radiadores suportados.

Outro ponto muito importante é a variedade de modelos de refrigeração líquida disponíveis. Algumas configurações personalizadas exigem espaço extra para reservatórios, fazendo com que, em alguns casos, nem sempre os gabinetes maiores suportem o seu tão desejado water cooler.

O papel do gabinete no resfriamento e no fluxo de ar

Escolhidos basicamente pela estética, os gabinetes desempenham um papel importantíssimo no resfriamento do PC gamer. Manter todos os componentes em perfeito estado de funcionamento depende muito dos cuidados com a refrigeração. Quanto menor for a temperatura do seu SETUP, maior será a vida útil das peças de hardware.

O gabinete tem um papel indispensável no processo de resfriamento, sendo o maior responsável pelo fluxo de ar dentro da máquina. Com base em seu design e formato, o gabinete determinará que tipo de cooler que poderá ser instalado.

Para escolher um gabinete com boa capacidade de refrigeração e fluxo de ar adequado, considere o seguinte:

Número de Fans Suportados

O gabinete precisa ser capaz de acomodar vários fans diferentes em partes da sua estrutura (frente, traseira, lateral, topo, etc…).

Atenção: isso não quer dizer que o gabinete tenha que vir de fábrica com diversos coolers instalados! Estamos destacando a importância, do gabinete escolhido, em permitir a instalação de vários fans. Normalmente, os cases comuns vêm apenas com um ou dois fan instalados. Alguns modelos mais baratos não trazem fans de fábrica, sendo necessário adquirir em separado. Todas as informações devem constar na descrição do produto no site do respectivo fabricante.

Se o orçamento permitir, o ideal é escolher um gabinete que possa acomodar várias ventoinhas. Além disso, é recomendado alocar fans na parte frontal e na parte traseira e superior, facilitando a expulsão do ar quente. Se o PC gamer ficará em um ambiente com temperatura média superior a 25°C é recomendado o uso de vários fans.

Atenção aos Painéis do Gabinete

Os painéis da parte frontal, lateral e superior do gabinete possuem importante papel no fluxo de ar.

Os gabinetes que possuem os painéis constituídos por grades (ou aberturas com telas) são as melhores opções. Apesar dos gabinetes com painéis de vidro e outros matérias sólidos oferecerem uma estética muito interessante, o design com gradeados permite que mais ar flua para dentro e para fora do gabinete. Portanto, os gabinetes que possuem painéis sólidos (sem telas ou aberturas gradeadas) restringem o fluxo de ar, prejudicando a ventilação. Quando possível, escolha um modelo que possua alguns painéis de grade. Isso aumentará o fluxo de ar, mantendo os componentes resfriados e em ótimo funcionamento.

Compatibilidade com Coolers e Radiadores

Alguns gabinetes não permitem a instalação de alguns modelos de coolers e water coolers.

Isso significa que alguns gabinetes colocarão limites sobre os tipos de ventoinhas e radiadores que podem ser instalados. Porém, isso não significa que o design do case não consiga gerar um bom fluxo de ar ou resfriamento. Sendo apenas necessários o estudo dos componentes suportados. Por exemplo, caso o usuário pretenda utilizar um water cooler com radiador de 360mm mas o gabinete desejado suporte apenas radiadores menores, um ou outro haverá de ser deixado de lado.

Qualidade e Materiais de Fabricação do Case

A qualidade em relação ao material e ao modo de fabricação do produto devem ser levados em conta. Afinal, alguns gabinetes mais baratos são produzidos com matérias de baixa qualidade. Dessa forma, tendem a ser mais frágeis e sujeitos a amassados, riscos e arranhões. Por outro lado, os gabinetes mais sofisticados, são fabricados com materiais muito mais resistentes e sólidos, garantindo qualidade e durabilidade.

Estética e organização dos cabos

Grande parte dos gamers desejam não só uma máquina poderosa, mas também bonita. Dentre os aspectos mais considerados, estão o design dos componentes, iluminação RGB e a organização dos cabos.

Para o gerenciamento dos cabos, mais conhecido pelo termo cable management em inglês, há alguns aspectos que devem ser considerados:

Gerenciamento de cabos (cable management)

Para os que procuram montar um PC Gamer com design arrojado e esteticamente “limpo”, é preciso dar a devida atenção ao gerenciamento dos cabos. Um gabinete iluminado, com painel lateral transparente pode resultar em uma máquina muito bonita… exceto se os cabos estiverem bagunçados e à mostra.

Alguns gabinetes de alto padrão, especialmente os da NZXT, Cooler Master e Thermaltake, possuem recursos extras que facilitam muito o gerenciamento dos cabos. Com isso, essa etapa da montagem se tornará mais simples e fácil. O resultado deverá ser uma máquina com cabos organizados e escondidos da vista.

Exemplos de recursos, presentes em alguns gabinetes, que facilitam a organização dos cabos:

  • Aberturas para facilitar a passagens dos cabos;
  • Ganchos e furações para fixação dos cabos com presilhas;
  • Passadores de borracha nas aberturas para preencher as lacunas;
  • Espaço extra na lateral para permitir a boa passagem dos cabos;
  • PSU Cover ou compartimento para a fonte de alimentação.

Apesar dos cases mais caros facilitarem o gerenciamento dos cabos através de seus recursos, é totalmente possível organizar os cabos em uma máquina com gabinete barato.

Painéis Laterais com Transparência

Com intuito de exibir o interior do computador, as janelas laterais transparentes tornam o seu gabinete incrível. Com os cabos devidamente organizados e uma boa configuração, a sua máquina terá destaque.

É importante notar que nem todos os painéis laterais são iguais: podem ser fabricados em materiais e formatos diferentes. Os painéis em vidro temperado são certamente as melhores apostas. Por outro lado, os painéis de acrílico são alternativas baratas, leves e atraentes, apesar de serem facilmente arranhados.

PSU Cover e Compartimento para Fonte

PSU Cover é o termo em inglês utilizado para referir as tampas ou coberturas para fonte de alimentação.

Gabinetes mais sofisticados costumam vir com compartimentos para a fonte de alimentação e outros modelos permitem a instalação de PSU Cover. Estes artifícios permitem que mesmo uma fonte não modular tenha seus cabos completamente escondidos dos olhares. Com estas coberturas, os cabos que sobram podem ser realocados ao lado da fonte, de forma não aparente.

PSU Cover - tampa para fonte de alimentação

Porém, se no gabinete não possui um “esconderijo” para os cabos que sobraram, é preciso buscar alternativas para escondê-los, como na lateral atrás da placa-mãe.

As fontes modulares ou semi-modulares permitem um cabeamento com aparência mais clean, uma vez que somente os cabos necessários serão utilizados.

Iluminação RGB

Com a iluminação RGB se tornando tão popular, há cada vez mais gabinetes com designs arrojados e cheios de LEDs. No entanto, fans e fitas de LED RGB podem ser adquiridas separadamente e alocadas em gabinetes mais simples. É importante ressaltar que o usuário deve verificar na descrição do produto se o mesmo possui iluminação RGB. Em muitos casos a iluminação do gabinete pode ser de apenas uma cor específica.

Gabinete Cooler Master

QUAL É O GABINETE CERTO PARA VOCÊ?

No mercado atual existem diversas opções de gabinetes gamer para você escolher. Mas antes de começar a buscar um gabinete, nós da Ugle recomendamos que você primeiro defina o quanto pretende gastar com este componente. Depois você precisa buscar um modelo compatível com os componentes internos que você já possui ou já definiu. Por último, você deve levar em conta os outros fatores descritos neste artigo e também os seus gostos pessoais com relação ao design.

Se você quer poupar tempo e não quer ter o trabalho de verificar a compatibilidade de cada componente, experimente a nossa ferramenta online de montagem de PC Gamer. A ferramenta da Ugle testa e garante a compatibilidade de todos os componentes escolhidos por você.

Se você tiver alguma dúvida ou sugestão, deixe o seu comentário abaixo.

Publicado por em .

Especialista em hardware, monta computadores gamer diariamente e publica as melhores dicas sobre o assunto, aqui no blog da Loja Ugle. Tem alguma dúvida sobre o artigo? Deixe o seu comentário abaixo.

Deixe um comentário. Queremos ouvir a sua opinião.


um × cinco =